quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Uma flor, para ti.


Hoje, mando-te esta flor

(Electrónica, concerteza!)

Para a pores na lapela

Desse teu computador

Ou, mesmo, à tua mesa,

E sentires o calor,

Que me dás, de tão bela!

5 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Caríssimo agridoce.

Não tenho pejo em aceitar flores de homens.
cada um comporta-se e segue os seus padrões ... eu sei ... eu sei que não era para mim, mas se fosse, não a poderia aceitar.

Não tenho local para jarras, a única sou eu e no portátil já tenho uma "mola" para segurar os documentos.

Não tenho visitado ninguém, ando com dores de cabeça e talvez até vá parar.

Eu sei que o que é mau nunca acaba ... mas posso falhar!

Um abração e que o botão de rosa "aterre" em alguém que o saiba cuidar e prolongar.

AGRIDOCE disse...

XISTOSA,

Credo! Jesus! Abrenúncio! Vira pra lá! Vai de retro Satanás!

Não tenho comportamentos e padrões desses, não senhor.

Há uma geração de bloguistas que desapareceram, seleccionam visitas, ou andam a imprimir uma velocidade superior à da luz e, com isso, correm o risco de deixarem de se ver. Eu incluído.

Da geração que me trouxe cá, já nem falo.

Este mundo começa a ficar crítico.

Para evitar esse caminho, estou a ver se resisto postando só quando me apetece, e só o que me apetece, mesmo que seja algo que ninguém venha a ler. Isto é, embora goste de ver que me visitam e, algumas vezes, comentam, posto antes de mais e acima de tudo, para mim.

Com todo o respeito por quem cá passa.

Portanto, vê qual o caminho que melhor te serve para continuares, mesmo que em intermitências.

Abraço.

ci disse...

Roubei-te a flor...:)

beijo da ci

AGRIDOCE disse...

CI,

Uma "FLOR" que rouba outra flor, tem mil anos de perdão.

Acho que o ditado não é bem assim, mas ... fica assim mesmo.

Foi bom re-ver-te por cá. Eu, de vez em quando, passo por lá.

Beijinho.

Anónimo disse...

É uma bela flor!
De imagem tão perfeita que podia jurar que até lhe sinto o cheiro.
Fez-me lembrar uma velha canção que ha séculos não ouço (isto é o sinal que o tempo está a passar rapidamente)
Vê se sabes do que falo:
"Receba as flores que lhe dou
em cada flor um beijo meu
são flores lindas que lhe dou
rosas vermelhas com amor
o amor que por você nasceu.
E seja assim por toda a vida
que a Deus mais nada pedirei..."

Tempos em que o romântismo ainda estava na moda.

Sortuda aquela que recebeu homenagem tão linda.

FMA