quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O pensador ataca de novo.




Fotografar é dar vida a uma realidade que passa a ficar congelada no tempo.

2 comentários:

marta disse...

e como tal, passa a fazer parte de memórias, ou seja do passado
Meu querido, as minhas desculpas por nunca mais ter passado, mas tenho andado tão pouco pela blogosfera.
Vou pôr-me em dia.

beijinho

xistosa - (josé torres) disse...

Nesta vida de lufa-lufa já nem dá para parar, fotografar e pensar.
Mas quem o consegue, engrandece o álbum de recordações.

Um bom fim de semana.