domingo, 9 de setembro de 2007

Tervuren – Escapadinha em revista.

Ainda o calendário informava que a Primavera iria começar a marcar presença dentro de dias, já um dia de sol digno de Verão abafou o Inverno em despedida.

Aproveitei (por aqui nunca se sabe quando se repete tal benção) e fui até Tervuren, uma comuna da Região Flamenga, da província Brabant, que faz fronteira com a Região Bruxelas-Capital.

A afluência de um grande número de bruxelenses, aos fins de semana, tem como destino o parque e, também, o Museu Real da África Central.

Eu, quando para lá me dirijo, vou por isso, especialmente para “esticar as pernas” cansadas de uma semana, pelo parque e a floresta que o rodeia (já visitei o museu duas vezes), mas também pelos gelados que se servem na geladaria que fica ali “à mão de semear”, pronta a repor as energias gastas no passeio.




Tenham um boa semana.

15 comentários:

xistosa disse...

Para onde vai tudo?
Até os patos.
Belas imagens!
Os eléctricos, deixam nostalgia, arrancaram-lhes os pés, mas agora descobriram que eram necessários.
Volta-se a esburacar tudo.
Cérebros abúlicos e ainda podemos acrescentar-lhe miopia e autismo.
Não deram ouvidos a quem vê o que se passa por essa Europa fora.
O povo é rico, volta-se a desmontar a obra ...

Gi disse...

Que meneira tão saborosa de começar uma semana dando um passeio por toda essa "frescura" que aqui nos deixas.

Um beijo

Aninhas disse...

Xi...
Fiquei novamente verde de inveja!
Que belos passeios!
E que fotos tão porreiras! Olha que eu sou entendida na matéria (...) e acho que as fotos são muito boas.
Si Senhor..
:))
Tchus

AGRIDOCE disse...

XISTOSA,
Soube que pelo teu Porto, mais um troço de linha de eléctrico está para voltar a sentir o seu peso a rolar.
É uma viagem pachorrenta. Por isso mesmo, gosto de viajar neles quando não estou pressionado pelo relógio.
Inté.

AGRIDOCE disse...

GI,
Ainda bem que gostaste.
De vez em quando, cá vou deixando umas imagens.
Bjs

AGRIDOCE disse...

ANINHAS,
Bem me parecia que eras tu a ficar verde :)
És fotógrafa?
Dito dessa forma, até começo a acreditar que as fotos são mesmo apreciáveis.
Bjs

Aninhas disse...

Vai por mim...
São boas.
Quanto ao resto... a curiosidade matou o gato!
;)

xistosa disse...

Nessas imensas "verduras", não se vê um português a passear o cão e a emporcalhar todos os locais ?

Pitucha disse...

Também passo por lá, de vez em quando.
Beijos

AGRIDOCE disse...

ANINHAS,
Pronto! O gato já não vai conseguir dar um MIIAAAAAAUUUUUUU!
Ficam os TCHUUUUSSSS.

AGRIDOCE disse...

PITUCHA,
Em dias de sol, é um destino bonito, não é?
Bjs

AGRIDOCE disse...

XISTOSA,

Em verduras, pedruras, terruras, passeaduras e alcatroaduras, é preciso andar sempre com lupa ligada.

Só que por aqui, há muitos cães a passear os donos, sejam eles portugueses ou belgas, ou ingleses, etc, etc, etc.

E não é que todos eles comem, independentemente da nacionalidade dos donos?!

alfacinha disse...

O museu Real da África Central, vale a pena visitar tem uma admirável colecção de arte africana e outros objectos que mostra-nos uma requinte cultura africana que infelizmente desapareceu definitivamente do nosso globo.
E para aqueles que se preocupe do asseio, os cães estão proibidos entrar.
cumprimentos

AGRIDOCE disse...

ALFACINHA,

Vale bem a pena.

Para além das exposições permanentes também tem, como todos os museus, as temporárias.

Cães a passear os donos, por lá, só na parte exterior do edifício, a qual também vale a pena admirar.

antónio disse...

Andava eu à procura de Tervuren e eis-me... no Porto, minha terra de nascimento e de sentimento. Boa, amigo. Agora vou ver esses bonecos que fez - deixo as bonecas para outra oportunidade. Amizade.